Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O seguinte texto é a tradução grega de "Impossível é não viver", publicado originalmente no jornal do Mayday (Clicar aqui para ler) e lido recentemente na Praça Syntagma, em Atenas numa assembleia do Movimento dos Indignados, tendo posteriormente sido publicado no site Real Democracy (clicar aqui). Tradução de Athena Psillia. 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:34


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Filipa a 27.06.2011 às 12:05

Olá Zé Luís, não se consegue aceder ao texto, usando o primeiro link.

Beijo
Tudo de bom *
Sem imagem de perfil

De Pau a 28.06.2011 às 23:19

Mais um. Cada dia mais pessoas a puxar pela vida. Obrigada, Zê. Bj.
Sem imagem de perfil

De Kátia Suelotto a 29.06.2011 às 18:56

Querido, acabei de ler o texto e posso dizer: impossível é não querer viver depois de lê-lo; mas lê-lo com verdade, com profundidade; lê-lo como quem recebe verdades jogadas no rosto e desperta. Parabéns. Portugal agradece, com certeza; mas não somente Portugal. A própria Vida. :)
Imagem de perfil

De Maria João Brito de Sousa a 04.07.2011 às 17:27

:) Abraço grande!
Sem imagem de perfil

De rosalia a 05.07.2011 às 14:09

Estou-lhe muito Grata. Oiço as suas palavras e sim, sim, sim, é isso. E se alguma vez lhe disse que não foi só para não me repetir. Eu sabia que aprender a ler seria uma coisa muito importante e depois ler, ler e ler (ainda bem que não havia televisão) e ler e depois lê-lo a si, Livro. E saber que isso o faz rir com o umbigo... E agora que o li (muito grata) sem palavras ideias de madrugada, escrevo folhas e folhas a flutuar em silencio. Quando as conseguir agrupar em sentido se calhar já não são tão livres e moveis. Como as suas. Grata, obrigada não. Livre quase como Livro.

Comentar artigo




Instagram


papéis jlp
Arquivo de recortes sobre José Luís Peixoto e a sua obra.

projecto moldura

todos os vídeos





(confidencial)

free Hit Counters
since October 2018

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



page contents





Perfil SAPO

foto do autor